terça-feira, 10 de maio de 2011

ASPECTOS URBANOS - Artes Visuais e Poesia 13



                    
                 Acrílica s/tela - 97 cm x 106 - série "Aspectos Urbanos"


Esta imagem é umas das minhas telas da série "Aspectos Urbanos", selecionada para ser a capa da edição 37 do CadernoLiterário da editora Pragmatha - RS - Editora Sandra Veroneze, a qual agradeço a oportunidade de poder colaborar com a cultura . Esse projeto é uma imagem e vários autores. Confiram que está belíssima a coletânea de poemas e parabéns aos todos os autores. Iara Abreu


Apresentação

Escrever sob a inspiração de um artista plástico é sempre um grande desafio para escritores. Nesta edição de fevereiro, os componentes do Caderno Literário Pragmatha inspiraram-se em tela da artista Iara Abreu para compor seus poemas e minicontos. Iara Abreu é de Belo Horizonte, engajada em diversas iniciativas na área cultural. Como editora do Caderno Literário Pragmatha desejo a todos uma boa leitura e agradeço a Iara por fazer parte deste projeto. Escritores que ainda não enviaram seus trabalhos e gostariam de fazê-lo são bem-vindos.

Autora: Sandra Z Veroneze
Porto Alegre / RS

Poetas e poemas

Apresentação (Sandra Z Veroneze) Clicar em cada título para ler o poema
Em Nossas Mãos (Odair Ribeiro ) Rumo (Débora Villela Petrin) Ilha-gris (Jéferson Dantas) Invasão urbana (Ricardo Santos) Arte-factum (Jusberto Cardoso Filho) Dezembro (Martha Galrão) Humanidade (Luciano Spagnol) Poesia concreta moderna (Mara Carvalho Leite) Cidade vazia (Nere Beladona) Des-envolvimento (Dimythryus) Cidade (Ed Carlos Alves de Santana) Na fragilidade existencial (Odenir Ferro) Eclipse mental (Ricardo Santos) Sonambulismo (Fabio Daflon) Só... Solidão (Rubens Lace) Vazio de mim (Rubens Lace) Metrópole qualquer (Norbert Heinz) Entardecer (Marba Furtado) Urbanoides (Jaak Bosmans)

Estímulos na Cidade.

Clevane Pessoa
(Para Iara Abreu)


Interfusão de percepções e pensamentos

em mil gamas similares à das cores primárias,
que ao se misturar geram outras e estas
ainda se multiplicam , todas em mil nuances,

esmaecidas ou tonificadas.

Nas cidades, as tantas estimulações ,
formam e formulam

impressões de movimentos,

cores, sons e cheiros, ao sol,

à chuva, ás luzes e ao luar.
A cada instante, modificamos

registros, com novos focos,

novas sensações...

Este poema também foi em diálogo com a imagem pela escritora e amiga Clevane Pessoa de Belo Horizonte-MG


OBS: Esta pintura também "ilustrou poemas do escritor Juan Gélman, publicados no site, www.tanto.com (ver um dos poemas abaixo) e traduzidos por Max Moreira, poeta e psicólogo, colaborador do site.
Juan Gélman, nascido em Buenos Aires em 1930 teve como contexto de sua criação, a ditadura Argentina que o levou ao exílio e arrancou-lhe brutalmente o convívio com filho e nora grávida. Após uma longa busca pôde finalmente localizar a neta no Uruguai. Em 2007 recebeu o Prêmio Cervantes pelo conjunto da obra. www.tanto.com

                                  O JOGO EM QUE ANDAMOS
                              
                            Se me dessem escolher, escolheria
                essa saúde de saber que estamos muito enfermos,  
                            essa dita de andarmos tão infelizes.  
                            Se me dessem escolher, escolheria  
essa inocência de não ser um inocente,  
       essa pureza em que ando por impuro.  

            Se me dessem escolher, escolheria  
esse amor com que odeio,  
essa esperança que come pães desesperados  
                                  Aqui se passa, senhores,  
que me jogo à morte.

EL JUEGO EM QUE ANDAMOS
                      
                         Si me dieran a elegir, yo elegiría 
esta salud de saber que estamos muy enfermos,
esta dicha de andar tan infelices.
                     Si me dieran a elegir, yo eligiría
                    esta inocência de no ser un inocente,
esta pureza em que ando por impuro.
Si me dieran a elegir, yo elegíria 
este amor com que ódio,
esta esperanza que come panes desesperados.
Aqui pasa, señores,
que juego la muerte.


             PINTANDO AO VIVO NA SERRARIA SOUZA PINTO
                Março de 2011  Projeto Pintanto ao Vivo da Fragile Produções 
                produtor e curador, Luiz Otávio Brandão

A Serraria é um prédio do Patrimônio histórico situado à Av. Assis Chateaubriand, 809, centro de Belo Horizonte-MG. Erguida em 1912, foi umas das primeiras construções da capital a utilizar estruturas de ferro.Um dos belos exemplares da arquitetura industrial do século, a serraria foi tombada em 1981 e restaurada em 1997. Hoje é um centro de convenções onde acontecem shows, feiras, cursos, congressos e exposições.


 

 

                   
                     













                 
                     
                


Clóvis Campelo, nascido no Recife -PE, Filho de dona Tereza e seu Clóvis, poeta e fotógrafo amador. Formado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco, com especialização em Crítica Literária. Moderador do grupo virtual Poetas Independentes, do qual participou da Antologia Poética 2007. Tem trabalhos publicados no Jornal do Comercio, Folha de Pernambuco e Suplemento Cultural do Estado de Pernambuco e também em vários sites literários, como o Cronópios, Germina Literatura, Blocos On Line, Interpoética, Plataforma Para a Poesia, Ver-O-Poema e outros.    http://cloviscampelo.fotoblog.uol.com.br       http://cloviscampelo.blogspot.com  
Karina Araújo Campos, reside e trabalha em Belo Horizonte.Psicóloga. Especialista e Psicologia do Trabalho e Consultoria em QVT. Poetisa e Contista. Membro efetivo da Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores – AVSPE  e PeaPaz - Poetas do Amor e da Paz. Participação em Antologias como Menção Honrosa e Destaque Literário. 
Leonardo de Magalhaens, reside em Belo Horizonte, Minas Gerais, sua atividade profissional se relaciona a Museus e Bibliotecas. Seu interesse é Literatura, leitura, escrita e tradução
http://iaraabreu.blogspot.com.br/2011/05/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html

Plínio Sgarbi , natural de Jaú, interior do Estado de São Paulo, cidade onde nasceu a poeta Hilda Hilst e João Ribeiro de Barros, herói nacional, primeiro homem a atravessar o atlântico num vôo sem escalas. 233 textos (143552 leituras), 21 áudios (3235 audições), 5 2-livros (646 leituras) até a data de 01/05/2012 . Entrevista para o Jornal Comércio do Jaú 
Entrevista para o Site da poeta e escritora “Clevane Pessoa” no link 
"OS POEMAS FORAM GENTILMENTE CEDIDOS PELOS POETAS"

   
TODOS OS LINKS DO PROJETO
22  http://iaraabreu.blogspot.com.br/2017/09/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html  Exposição em Ouro Preto, BHOOM - 
 Modernos e Eternos, poetas: Affonso Romano de Sant'anna, Alice Ruiz, Augusto dos Anjos, Fernando Pessoa, José Saramago,  Manoel de Barros, Miguel Astúrias, Múcio Góes, Paulo Leminsck, William Shakespeare, livros O menino dos pés coloridos e As viagens do Balão Sonhador
21   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2016/03/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html       Projeto/ exposição Certos Movimentos incertos, Exposição "Superlativo Feminino" (coletiva, partici-pação do painel "Para Guimarães ), exposição Shakespeare (Museu Mineiro-BH)     
20   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2015/12/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Expo em  Mariana-MG (2015), Na Casa dos Contos em BH(2015), Sobre Barragem de Bento Rodrigues, Affonso Romano, Augusto dos Anjos, Cícero,Fernando Schiavinato, Manoel de Barros, Fernando Pessoa, Mário Quintana,  Marcos Fabrício, Paulo Leminsck , Nela Rio,Rogério Zola (poema e texto), Livros SERRA e  Didático PPP (Editora Assis),projeto HAL - Hospital André Luiz 
19   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2014/12/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html     Exposição Aspectos Urbanos na PUC, Oficina / Diabetes na PUC – Minas Exposição na Casa Lima D’Artes, Exposição "Cidade, Geometria e Cores (2014), no Centro Cultural de Contagem, Cenário NIL LUS poetas de: Cícero Christófaro, Consuêlo Aragão, José Hilton Rosa, Marcos Fabrício, Vilson Barbosa,Yara Darin. 
18   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2014/08/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html     Painel Guimarães,Painel Diversidade Cultural(Fundação Torino),Pintando ao vivo em vários lugares, CINE Teatro Contagem, Galpão Paraíso e em Contagem- Poetas: Bianka de Andrade Silva,Iago Passos, Nina Reis, Pilar Rodrigues Aranda,Consuelo Aragão
17   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2012/12/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Saramago, livro objeto, expo O Olhar do Artista sobre o livro esquecido, projeto Colorindo vidas, projeto música para ver,Jaqueline Aisenman, João Evangelista, Leonardo, Leonardo, Luiz Otávio Oliani, Marcos Fabrício, Newton Emediato,Norália, Neruda e Todd 
16   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2012/04/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html       Aquarelas na Biblioteca Luiz de Bessa e eventos durante a exposição.
14   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2011/08/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Pintando na Abcdéf, Pintando em Brumadinho, Projeto Centenário Contagem, Fátima Sampaio, Abertura BH Itinerante 
13   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2011/05/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Projeto Sandra Veronese, Poema Clevane.Pintando na Serraria Souza Pinto, Clóvis Campelo, Leonardo de Magalhães, Plínio Sgarbi, Karina Araújo.
12   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/12/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Neuza Ladeira, Maria de Fátima Reis Martins,Efrain Bartolomé, Enrique Godoy Durá, Marco Aurélio Lisboa, Maurício Roque, aquarelas Pintando na Rodoviária
11   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/10/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia_12.html     Pintando ao vivo em Contagem com exposição, Maria Luiza Falcão, Silvia Motta, Luiz Lyrio, Rosa Negra e Gabriel Bicalho, Thereza Cristina, Jorge Emil
10   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/10/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html     biblioteca Municipal, projeto HAL - Hospital André Luiz, Rogério Salgado, Ronaldo Werneck, Paulinho Andrade, Luiz Otávio Brandão, Darlan, Diovani, Ataneri
09  http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/08/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-oesia_22.html     Daniel de Cullá, Luciana Tannus, José Alcebíades, Valdeck, Luciana Campos, Jaak, Nelci,José Estanislau
08   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/08/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Clevane, Cláudio Bento, Cristina Carone, Enrique Godoy, Maria Luiza Falcão, Meire Mendonça, Marta Reis, Belô Poético.
07   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/02/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia_8680.html      Alice Ruiz, Fátima, Bilá, Clevane, Ilda Brasil, Nela Rio, Regina Mello, Sebastiana
06   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/02/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia_16.html      Luis Carlos, Teresinka, Vanessa, Lucia Brasil e Marco Llobus, exposição no Centro Cultural de Venda Nova
05   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/02/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      Graça Campos, Eduardo Rennó, J.S.Ferreira, Luiz Z.Pego e Tânia Diniz, Pintando ao Vivo no Big. Shopping, exposição Regional Barreiro
04   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/01/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia_24.html      Clevane Pessoa, Maria Inês, J.B.Donadon, Dagmar, Luis Edmundo, Jorge Santos, Maria Moreira e Zane, Yeda –R. GUATÁ 
03   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2010/01/aspectos-urbanos-artes-visuais-e-poesia.html      France Gripe, Maria José Cecília de Melo, Marcos Assis, Waldemar,Wilmar, Octávio Roggiero, Maurício Roque, Max Silva Moreira, Fernando Aguiar
02   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2009/12/aspectos-urbanos-artes-visuais-e- poesia.html     Ana Carol, Andréia Donadon, Angela Togeiro, Brenda e Bruno
01   http://iaraabreu.blogspot.com.br/2009/12/aspectos-urbanos.html       Poetas Ana Carol Diniz, Andréia Donadon, Angela Togeiro, Brenda Marques e Bruno Grossi

2 comentários:

  1. Parabéns pelo blog e pela publicação!

    ResponderExcluir
  2. Oi Iara, parabéns pelo trabalho. Suas ilustrações são dignas de belas pinturas.

    ResponderExcluir